20 Comments

    1. Ne3o seja injusto.Tenho duas bcleicitinhas (uma no escritorio, uma em casa), ambas compradas de um hermano que vende artesanatos na Paulista (na altura do predio da Fiesp).Nos cale7adf5es do Centro, tambem existe quem fae7a bcleicitinhas.A Valeska (ANTP) comprou de um artese3o de Porto Alegre algumas miniaturas espetaculares as mais bem elaboradas que conhee7o. Sortiei duas delas no Congresso de Curitiba da ANTP, no decurso de uma sesse3o te9cnica sobre modos saude1veis .Dias atre1s distribui uma materia, retirada de uma agenda de 2010, editada pela Imprensa Oficial do Estado (disponedvel nas livrarias da Imprensa Oficial), que tem Adoniran Barbosa como tema, mostrando que era passatempo de Adoniran construir bcleicitinhas , distribuidas a amigos, que chegaram a formar um clube a Ordem da Bicicletinha.Temos, isso sim, pouco conhecimento destas coisas.Reginaldo

    2. O mais angustiante peecbrer que nem um desastre como este consegue sensibilizar a sociedade, t o condicionada, que s v no ocorrido uma fatalidade, que causou transtorno para alguns outros cidad os de bem, motorizados e armados.

    3. R7Cidades do mundo interior se mozibilam para Dia Mundial sem CarroVermelhoG1.com.br -Atitude Sustente1vel -Pedal.com.brtodos os 64 artigos Share this:EmailSharePrintDiggFacebookPress

    4. Muito Show !!!Encontramos este figura em Guaratuba PR, cortimus suas mfasicas e compramos seu CD. TEM QUE Tca MORAL Curtimos as Fe9rias com esta sonzera, e agora sf3 rola PLc1.Valeu Ate9 + Claudio, Luan, Rejane e Rayane.

    5. Ente3o galera.,Je1 paednnso na ida de bike pra Joinville, hoje (assim como recentemente pedalamos de Curitiba a Morretes), fiz uma pedalada treino do centro de Curitiba ate9 o Umbare1, algo em torno de 27 km pra ir e a mesma diste2ncia pra voltar! No total levei 1h15 pra ir + 1h15 pra voltar, contabilizando no final do percurso 55 km num total de 2h30 de pedalada.Na ida, saed da rua 24 de Maio, desci a engenheiros reboue7as e segui pela Marechal Floriano ate9 a BR 116 aonde segui no sentido Rio Grande do Sul. Um pouco antes do contorno sul entrei pela via local e segui ate9 a proximidade da Igreja Umbare1.Na volta, me embrenhei pelas ruas locais ate9 chegar na BR 116, ~3 km antes do CEASA e do contorno sul de Curitiba, sf3 que agora no sentido Curitiba/Se3o Paulo. Continuei pedalando pela BR ate9 o viaduto da Av. Brasedlia onde entrei a esquerda e logo passei pelo Shopping Paladium do prefeito Beto Richa.Dae9 em diante, pedalei pela canaleta do expresso na Av. Repfablica Argentina ate9 a rua 24 de maio .foi mais 1h15 de volta!!!!De1 pra fazer mais re1pido o percurso mas certamente e9 uma pedalada legal .quando fae7o de carro esse percurso, aproximados 55 km, 30 minutos com tre2nsito calmo ou ate9 50 minutos com tre2nsito conturbado A linha verde tem ciclovia pela metade, e no fim, e9 melhor pedalar pela canaleta do expresso que acaba logo ali na vila se3o pedro.De fato, o caminho ne3o e9 preparado para ciclistas!abs,c9rico

    6. hoje foi o dia de ouvir dos motoristas: e o cptecaae? e eu com vontade de responder: pois e9, o cptecaae. o do seu antf4nio ficou le1, jogado, esquecido na rua, junto com a bicicleta quebrada.

    1. Juventude de Guarulhos discute o uso da bilciceta como meio de transporte Posted on 20/04/2011 by @AlineKelly| Deixar um comente1rio O maior desafio do ciclista urbano hoje ne3o e9 ter grana para comprar sua bilciceta, ne3o e9 ter o preparo fedsico para encarar uma subida, ne3o e9 o suor que desce pelo rosto no dia de calor intenso. O maior desafio e9 enfrentar o prf3prio homem. Aquele que se esconde atre1s da armadura da me1quina. Aquele que protegido por uma tonelada de ferro acha que pode mais, que pode tudo. Pior, que acha que o outro, aquele que anda, que pedala, ne3o tem direito a nada. O maior desafio e9 enfrentar a falta de humanidade, a falta de olhar o outro, a falta do compartilhar.” @smiletic ema0O problema e9 o homem que guia a me1quinaa0

    2. Marcelo Mendes disse:eu acho que na atual realidade o que o bBrasil pirecsa e9 de CICLOVIAS que levem de lugares e0 lugares movimentados essa histf3ria de ciclofaixa de domingo ne3o leva nada e0 lugar nenhum !!

    3. Reginaldo, sei que tem coisas marhsilaovas relacionadas a bicicletas, mas vou ficar mesmo feliz no dia que entrar nas Hi-Happy da vida com meu filho e ver pra todos os lados, brinquedos que tenham alguma relae7e3o com bicicleta, da mesma maneira que vemos armas e(ou =) carros de brinquedos. Nem precisa ter na mesma quantidade, mas se tiver um brinquedo sequer que ne3o seja a prf3pria bicicleta, je1 ficarei contente.

    4. O mais angustiante e9 pebercer que nem um desastre como este consegue sensibilizar a sociedade, te3o condicionada, que sf3 vea no ocorrido uma fatalidade, que causou transtorno para alguns outros cidade3os de bem, motorizados e armados.

    5. Joao de Joinville SC Brazil disse:Definitivamente, aqui em Joinville sf3 vai favorecer a trsnstuaa e gidion, pois nem ciclovia descente temos na cidade das bicicletas !

    6. Excelente texto! Radicalismo e truculeancia ne3o levam ningue9m a lugar nhnuem, quie7e1, um movimento reivindicatf3rio como o e9 a Bicicletada. Agora, seria inoceancia imaginar um movimento exclusivamente Paz&Amor em meio e0 diversidade de ideias, opinif5es e origens. O destempero seria a atitude de largar as bandeiras, sf3 porque, ao seu lado, alguns secte1rios ne3o encontram os mesmos limites que, a me9dia do bom senso e coereancia, estabelece. Lembro-me das passeatas pelo Passe-Livre na e9poca do ensino me9dio. Coisa linda, estudantes de ve1rias escolas, passeatas alegres e ordeiras, o pessoal tomando contato com as questf5es de cidadania, mas a televise3o especialmente a REDE GLOBO-RPC-, sempre associada aos interesses do prefeito de plante3o, sf3 mostrava as garrafas de batidinha e tube3o, que alguns poucos, largavam no final das passeatas nos arredores da prefeitura. Odiosa manipulae7e3o que a meddia faz com uma destreza irretoce1vel.Quando a Bicicletada comee7ar a tomar corpo (e parece que je1 caminha para isto), inequivocamente, os ve2ndalos do movimento e9 que sere3o mostrados, pois quem quer uma cidade mais limpa e cicle1vel, por mais que ne3o odeie a sociedade do carro, e9 excluedda e colocada e0 margem dela, logo, ne3o pode ter visibilidade e para terminar a extensa orae7e3o acaba invisedvel aos olhos da grande imprensa, assim como e9 invisedvel para o nosso gerente municipal Luciano Ducci, como bem lembra o texto da Bertanha.

    7. Gracias a todos los que participe1is acmieatvnte por defender los derechos de todos los ciudadanos. Os he visto desde mi casa pasar con las bicicletas al grito de No al cierre de la biblioteca Me llena de alegreda veros!! Aunque muchos sigamos dormidos Yo os doy las gracias porque nunca creeda que vereda algo ased.

    8. Los de Sanfer nos unimos a voorsots. Saldremos del Parque Dolores Ibarruri a las 9 para estar a las 9.30 con voorsots en la Rambla.Aprovecho la ocasif3n para volver a agradeceros vuestra asistencia a la cacerolada de ayer. Muchedsimas gracias por vuestro apoyo, fue muy importante ver a la gente de Sanfer, Coslada, Torrejf3n y Alcale1 haciendo pif1a.Nos vemos el se1bado.

    9. O Ple1 (Ademir Antunes) e9 uma grande psosea, poeta, mfasico, compositor, gente da melhor qualidade. Deixou muita saudades aqui em Cascavel e quando passar por Curitiba com certeza irei ter um papo cabee7a com ele.

  1. O maior desafio do cctiisla urbano hoje ne3o e9 ter grana para comprar sua bicicleta, ne3o e9 ter o preparo fedsico para encarar uma subida, ne3o e9 o suor que desce pelo rosto no dia de calor intenso. O maior desafio e9 enfrentar o prf3prio homem. Aquele que se esconde atre1s da armadura da me1quina. Aquele que protegido por uma tonelada de ferro acha que pode mais, que pode tudo. Pior, que acha que o outro, aquele que anda, que pedala, ne3o tem direito a nada. O maior desafio e9 enfrentar a falta de humanidade, a falta de olhar o outro, a falta do compartilhar. @smiletic em O problema e9 o homem que guia a me1quina

  2. Cacete ve9i! Ne3o tem mais bicicletaria na ciadde! Estou penando atre1s de uma com um pouco mais de infra-estrutura e que ne3o seja uma Cicles-Jaime-Enfia-Faca da vida.Trabalho aos se1bados, por isso ne3o fui mais na bicicletada, mas vamos combinar aed!Abrae7e3o!

  3. Excelente texto, Nepf4 como de praxe! Suas reflexf5es me moviratam a rever um projeto que estou coordenando na minha empresa! Embora je1 tenha mostrado em um dos slides da minha apresentae7e3o uma fila de pessoas brincando de telefone sem fio, creio que eu precise refore7ar a desintermediae7e3o como um grande ganho do projeto! Ou, como je1 ouvi num curso, possibilitar que os processos sejam auto-geridos! Um abrae7o!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.